Curiosidades E Dicas

Termos utilizados por baloeiros :

Bucha - mais conhecida como tocha, material utilizado para fazer o balão subir e se manter no ar. Veja abaixo maiores informações .
Aranha - estrutura metálica utilizada para sustentar a bucha. Veja abaixo maiores informações .
Aro - Estrutura metálica em forma de círculo que é encaixada na boca do balão para que a aranha seja fixada.
Lanterninhas - Copos feitos de seda com vela dentro para emitir a sensação de luz colorida no céu noturno. Veja abaixo maiores informações .
Bojo - Combinação de lanterninhas. Temos os seguintes tipos : Bojo escada, bojo envelope, bojo rede.
Respiro - Furos no balão que permitem que a pressão interna seja aliviada e não abafe a bucha, geralmente são colocados da parte inferior próximos a boca até o meio do balão. São feitos com os furadores geralmente de metal que deixam o ar quente sair fazendo com isto que o ar seja constantemente renovado  e também cooperando para que a bucha queime totalmente .
Decoração - Balões desenhados ou recapados com papel de seda de forma a enfeitar e torná-los mais maravilhosos.
Cintamento - Reforço de papel nos sentidos Horizontal e Vertical do balão de forma que o torne mais resistente para que agüente mais pressão e conseqüentemente para poder levar peso. Veja abaixo maiores informações .
Guias - Cordas que servem para guiar os balões até uma certa altura, tornando mais segura a sua soltura, são de vários tipos e grossuras diferentes, de acordo com o tamanho do balão.



 
BUCHA

  • A bucha normalmente é feita de estopa (que não se está mais utilizando-se em balões pequenos, até 14 metros), papel higiênico , papel toalha ou algodão embebido em parafina ou vela. Para se montar uma bucha corta-se primeiramente em faixas a estopa ou algodão e/ou mergulha-se o rolo de papel toalha ou higiênico no local aonde vc derreteu a parafina, após ter seu material parafinado enrola-se formando rolos que depois são amarrados de forma que por exemplo se tenha 3 rolos lado a lado na base e depois outra camada de 3 rolos em cima da base só que em direção contrária a da base para que se forme furos, furos esses que servem para oxigenara bucha, assim se monta a bucha. Note que estes furos, ventilação da bucha, são muito importante pois eles influenciam no tempo em que a bucha fica queimando, e também direcionam a chama verticalmente. Note que se não existir ventilação na bucha ela espalha a chama horizontalmente e principalmente podem causar a queima do papel próxima a boca e também provocar a demora de sua queima (Mas comumente chamada de ABAFAR O BALÃO) ocasionando que elas normalmente caem acesas. Logo o baloeiro que sabe fazer uma boa bucha faz com que ela sempre se apague no ar não oferecendo perigo nas quedas dos balões. É lógico que existem outros fatores que influenciam a confecção de uma boa bucha. Mas a bucha ainda é um dos itens mais importantes para a segurança de um balão e se ela for bem dimensionada ou seja não for muito mais forte do que o que o balão tem de carga para levantar ou então muito fraca e não suportar o peso que deverá levar deve-se obedecer os princípios de confecção para que caia apagada e assim o balão torna-se mais seguro. Note ainda que o maior risco que um balão oferece é na sua soltura por esses e outros motivos é que as equipes normalmente soltam seus balões afastados da cidade


ARANHA

  • A aranha muda seu formato dependendo do modelo do balão, por exemplo para mexerica ela possui uma plataforma relativamente grande pois mexerica é um balão sempre com uma boca muito larga perto do aro sendo assim suportam buchas mais largas. Já para pião carrapeta as aranhas devem ser bem mais altas do que as de mexerica e sua plataforma deve ser bem menor uma vez que é muito fino o cone perto do aro  dos piões carrapeta, em contra partida  as buchas são bem mais altas e de base bem menor que as de mexerica. Note porém que não se deve ultrapassar muito a altura da bucha para que ela não desloque o centro de gravidade da aranha e torne esse conjunto fácil de "cair" virar o aro do balão, para isso normalmente é colocada carga nos balões que são penduradas no aro e servem além de fazer espetáculos para contrabalançar o ponto de gravidade do conjunto Aranha + Bucha. Existem aranhas que suportam um conjunto Bucha Principal + Bucha Auxiliar + Bucha Piloto, onde a bucha auxiliar acende-se no ar e faz com que os balões percorram maiores distâncias, normalmente utilizados em balões grandes fazendo com que esses caiam fora das cidades.

 



BALÕES

  • A confecção dos balões obedecem várias normas e técnicas para tentar torná-los o menos perigoso possível. O papel utilizado normalmente é um papel especial "Hulk" que é bastante resistente, mesmo assim os balões são cintados com Rami ,Fio Dental ou Cifa, tipos de barbante que são cintados no sentido horizontal e no vertical dos gomos do balão, para que os mesmos agüentem pressão sem estourar e caírem causando transtornos.E quanto maior o balão mais cintas ele deve possuir. .

CINTAMENTO

  • A confecção dos balões obedecem várias normas e técnicas para tentar torná-los o menos perigoso possível.  Assim os balões são cintados com Rami,Fio dental ou Cifa, tipos de barbante que são cintados acompanhando o sentido horizontal e/ou vertical dos gomos do balão, para que os mesmos agüentem pressão sem estourar e caírem causando transtornos.E quanto maior o balão mais cintas ele deve possuir. .
  • Conforme você vai fechando o balão , colando os gomos, uma linha de rami acompanha a dobra e é colada junto e pode variar de 3 até 12 fios de acordo com o peso que o balão irá levantar; quanto maior o peso maior deverá ser o nº de fios do rami .
  • O cintamento horizontal é feito como se você estivesse empacotando o balão e é feito após vc ter fechado o balão e claro antes da decoração devendo ser passada cola na cinta, esticado o rami e/ou fio Dental na horizontal , geralmente acompanhando as emendas horizontais e após colar .Hoje alguns baloeiros utilizam a fita Durex para realizar o cintamento Horizontal .

LANTERNAS - LANTERNINHAS

  • MATERIAL NECESSÁRIO : Folha de papel fino (seda) na cor desejada geralmente clara ou então papel celofane ou então misto , ou seja um lado celofane e o outro seda. Cartolina, Cola, Copo de Molde, tesoura, linha 10 , Náilon ou Roca e Vela. Deve-se atentar para o fato de que nas boas lojas do ramo vc encontrará para venda todo o material citado acima e no tamanho e cor desejada bastando após a compra só montar a Lanterna .


COMO REALIZAR PROJETOS DE BANDEIRAS TAQUEADAS I

  • Esta dica foi fornecida pelo amigo EDNALDO da T.D de SP abaixo transcrevo o e-mail enviado por ele .

    Prezado Maguila,

    Em constante visita ao seu Fórum na Cartilha do Balão, constatei que diversas pessoas, ainda encontram dificuldades em realizar projetos de bandeiras em ponto cruz.

    Se você estiver de acordo, tentarei a seguir explicar um pouco como realizar esses projetos.

    Os desenhos taqueados que costumo fazer, como temas para bandeiras, são feitos, com um pouco de trabalho, no programa excel.

    Tentarei passar á seguir o método que pratico para realizar esses projetos e desde já adianto, cada um terá a sua própria maneira de interpretação e principalmente criatividade, portanto se alguém tiver alguma idéia melhor, por favor me oriente no sentido de melhorar e facilitar cada vez mais esse método de taquear em ponto cruz. Com o método que passarei a seguir, me senti muito bem e consegui realizar os projetos ao qual eu quis.

    De imediato, adianto, que na prática é muito mais fácil do que na teoria e portanto eu mesmo achei que os passos a seguir ficaram um pouco "pobres" em explicação, mas acho, que se vc tiver um pouco de força de vontade e analisar passo a passo, conseguirá realizar um belo projeto.

    Bom os passos são os seguintes:

    1º - Com o excel aberto em sua tela principal, selecione em torno de 100 colunas, clicando com o botão esquerdo do mouse na letra A da primeira coluna e arraste até a coluna BR que dá um total de 100 colunas, ou da coluna A até onde vc queira. Feito isso, com o botão direito do mouse, clique em qualquer letra na barra de colunas e irá aparecer uma janela de tarefas. Clique em largura da coluna e abrirá outra janela. Com isso digite no quadro o número 0,5 esse comando irá diminuir a largura da coluna de 8,43 para 0,5.

    2º - Selecione em torno de 134 linhas e siga os mesmos passos acima. A largura original da linha é 12,75 apague e digite 5. Com isso a tela do excel ficará, toda quadriculada.

    3º - Selecione os quadradinhos que vc fez no excel e depois vá em formatar, células, borda e clique em contorno e interna, certifique-se que a linha selecionada seja a mais fina, no quadro de estilo da linha. Com isso teremos na tela do excel um monte de quadradinho e que assim que ela é impressa num papel sulfite vc terá uma espécie de "forma" onde será criada sua futura bandeira ou painel.

    4º - Feito isso, selecione o desenho de sua preferência e desde que, vc tenha um scanner, passe o desenho pro micro e imprima, logo em seguida no papel quadriculado e assim vc terá um desenho onde com um pouco de paciência vc poderá passá-lo para o ponto cruz.

    5º - Com o esboço do desenho que vc imprimiu junto com o quadriculado, pinte quadrado por quadrado manualmente e conforme vc for pintando determinado quadrado, passe o que vc pintou para o micro "pintando" quadrado por quadrado na tela do seu excel com o auxilio do mouse. Feito isso vc terá um projeto dentro do seu micro, em ponto cruz, onde se vc aumentar o tamanho dos quadrados o desenho também aumentará e com isso vc terá um projeto de bandeira taqueada com o desenho que vc mais gosta.

    O interessante é que vc consegue já determinar a separação de acordo com o tamanho de quadradinhos que vc queira. Por exemplo, eu já fiz uma bandeira com taquinhos de 5X5 cm com 140 taquinhos numa folha de seda, 7X7 cm com 70 taquinhos numa folha de seda, mas o que eu gosto mesmo é de 10X10 cm com 35 taquinhos por folha de seda e onde dá menos trabalho é lógico.

    Novas Dicas para Confecção de Bandeiras Taqueadas II

    A B C PARA CONFECÇÃO DE UMA BANDEIRA TAQUEADA 

    Bem vou tentar passar aqui algumas dicas para confecção de uma bandeira taqueada, que ao longo do tempo fui aprendendo.

    Se você já tiver o desenho pronto em formato de ponto de cruz no papel, avalie o tamanho que você vai querer que fique a sua bandeira, se não tiver utilize o Excel para fazer a escala, ou seja, o papel todo em quadradinhos para formatar o desenho. ( Folha Gabarito )

    Dica para o desenho:

    Se tiver alguns destes programas: PMAKER ou PCStitch5, tudo bem é só importar o desenho e imprimir, mas se não tiver, faça o seguinte:

    CONFECÇÃO DO DESENHO 

    1- Imprima a folha gabarito do Excel, uma ou mais dependendo to tamanho do desenho. 

    2- Se você for bom desenhista risque o desenho em cima do papel e depois vá taqueando e colorindo com lápis de cor ou caneta hidrográfica.

     3- Se não for desenhista faça o seguinte, crie o desenho que quiser em alguns destes programas, Print Artis, Instant Artis, Corel Draw, ou importe da Internet.

     4- Após feito isto, salve-o( Crtl C / Crtl V) no Power Point, na formatação retrato,Arquivo/Configurar Página/Retrato) abrindo o desenho na totalidade da folha. 

    Obs: Importando da Internet, quando o desenho for aberto na totalidade no Power Point, ele já fica mais ou menos taqueado, e ai se torna mais fácil. E aí é só imprimir o desenho na folha gabarito, depois faça o taqueado em cima do desenho, com lápis de cor ou caneta hidrográfica. 

    5- Em cima do desenho vamos formatar o tamanho da bandeira da seguinte forma.

    6- Sabendo-se que a folha de papel de seda mede 0,70 x 0,50, sabemos que não podemos ultrapassar estas medidas, e aí o que fazemos. 

    7- Se usarmos tacos com 0,10 x 0,10, teremos a folha em sua totalidade, mas temos que saber que o taco não será cortado com 0,10 x 0,10 e sim 0,11 x 0,11, por causa da bainha de colagem. 

    8- Se você aumentar o tamanho do taco, como 0,15 x 0,15, 0,16 x 0,16, etc.. fique sabendo que 1 centímetro é da bainha, e aí você terá que enquadrar dentro da folha do papel de seda. 

    9- Depois de acertado tudo isto, marque no desenho as placas, com riscos mais forte horizontais e verticais, pois então ficaras sabendo quantas placas e quantas tiras terás que fazer. 

    10- Faça a contagem de quantas cores e folhas irá gastar, aproprie sempre com uma margem maior, pois se faltar papel com exceção do branco e do preto, vai ficar um pouco difícil para encontrar exatamente a mesma cor. 

    CONFECÇÃO DA BANDEIRA

     1- Pegue uma taboa, acrílico ou chapa de zinco, medindo + - 1,00m x 0,80m e em cima dela risque o gabarito da placa tal e qual está na marcação no desenho, não esquecendo a marcação da bainha, as marcações da bainha deverá ser feita, da esquerda para a direita e de cima para baixo. Abaixo segue um exemplo para que a idéia fique mais clara: 

    EXEMPLO: BAINHA BAINHA PARA UNIÃO DAS PLACAS Este Gabarito está dimensionado para uma placa de 0,70 x 0,50 

    2 - Com a sua placa pronta é só começar a confeccionar a bandeira, obedecendo rigorosamente o desenho, pois o que está no gráfico é o que será passado para o gabarito. 

    3 - Ao iniciar uma tira faça uma numeração para identificar na hora do fechamento. Exemplo abaixo: 1 2 2 3 

    1

    2

          2

         3

Porquê assim, 1 2 2 3 , pois no fechamento será muito importante para o casamento correto das tiras. 

FECHAMENTO DA BANDEIRA 

1 - Quando todas as tiras estiverem prontas e você de acordo com a sua bancada determinou em quantos cones ela será feita, vamos ao fechamento dela. 

2 - Estique a tira de ns. 1 2 , com o numero 2 na borda da bancada. 

3 - Coloque a tira de ns. 2 3 casando o numero 2 com o numero 2 da tira que já estava na bancada. 

4 - Dobre a folha como se estivesse fechando um balão, para poder fazer a sanfona, como abaixo: 3 1 2 2 E ASSIM SUCESSIVAMENTE 

5 - Após feito isto e todos os cones estiverem prontos, faça a união dos mesmos, sempre observando a numeração e a cintagem é feita com durex, tanto na horizontal quanto na vertical. 

6 - Na cabeceira utilize um rami mais grosso para poder dar sustentação da amarração na antena. Nas laterais e no rodapé cinte somente com durex, não precisa colocar rami, porque, se a bandeira agarrar em alguma coisa na hora que estiver subindo, ela não ficará presa, se rasgará e o lançamento continuara com sucesso. 

7 - A amarração dependendo do tamanho da bandeira, pode ser feita de varias formas: Primeira: De meio em meio metro ( sempre ) passe um rami com duas pontas amarrando no rami da cabeceira e estas duas pontas deverão der amarradas na antena ( Bandeira pequena, até 12 metros de cabeceira ) Segunda: De meio em meio metro coloque uma cartolina com um furo, isto é um reforço, pois ali vai passar aquela cinta lacre usada quando se prende o arco da boca no balão, isto é, quando ele é confeccionado com a corda na boca, ao invés do arco. 

8 - A cabrestada deverá sempre medir no mínimo duas vezes o tamanho da antena, para não sofrer o risco da antena fechar. Acho eu que as explicações acima dão noções suficientes para o iniciante saber confeccionar uma bandeira e quem nunca, mas tem vontade de aprender e fazer, acho que está bem claro e fácil de entender.

 Se tiver dúvidas em algo que não foi dito ou explicado aqui envie-me um e-mail para o endereço abaixo: 

czrczr@ig.com.br 

Parabéns a vocês pelas novas bandeiras que serão criadas e espero que nossa arte não desapareça. Um abraço, Truffão

Programas para serem baixados


Agradecimentos
     
  • Salvador - criador da Gazeta do Balão de onde esta página se originou ;
  • Ivo Patrocínio um grande amigo; 
  • Ao Amigo Gabriel O Argentino q criou um site que trata-se de um Armazém de Moldes ;
  • A todos os amigos pelas fotos cedidas;
  • As Turmas de Curitiba por sua evolução;
  • E as Turmas do RJ e SP pelo maravilhoso show que mesmo com a repressão braba continuam dando .

Click Aqui ! envie um e-mail com dúvidas ou sugestões para Maguila RJ

 

| Editorial | Cortes | Moldes | Bocas | Bandeiras | Sala Bate-Papo | Curiosidades e Agradecimentos | Notícias do Balão | | Novos Links | Álbum de Fotografias | Fitas à Venda | Pesquisa